domingo, novembro 29, 2020
Região

Polícia Civil indicia suspeitos de maus tratos a animal silvestre em Caridade

356visualizações

Uma ação rápida realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Canindé, resultou na identificação e nos indiciamentos dos suspeitos envolvidos no crime de maus tratos a um animal da espécie Tolypeutes, popularmente conhecido como tatu-bola. O crime ocorreu no último domingo (15), em Caridade – região pertencente à Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15) do Estado. Imagens registradas e compartilhadas em redes sociais auxiliaram o trabalho policial.

Após tomarem conhecimento de um vídeo, postado em redes sociais, no qual um tatu aparece nas mãos de uma mulher que o faz ingerir uma bebida, supostamente alcoólica, os policiais civis iniciaram as diligências com o intuito de identificar os suspeitos, bem como localizar o animal. Já na manhã desta terça-feira (17), os partícipes da ação criminosa foram identificados e nesta tarde compareceram à delegacia. Na unidade, a mulher, de 36 anos, confirmou que é ela quem aparece com o animal, porém afirmou que não se tratava de bebida alcoólica, mas sim refrigerante. Já o homem, de 24 anos, que aparece em outro vídeo segurando o animal pelo rabo e o arremessando para o alto, afirmou que não tinha a intenção de maltratar o animal. Ambos afirmaram que fizeram o uso excessivo de bebidas alcoólicas.

A dupla foi indiciada pelo crime de maus tratos em um inquérito policial instaurado. A Polícia Civil continua em diligências com o objetivo de identificar os demais participantes das agressões e a localização do bicho.

O que diz a lei

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (85) 3343-6813 da Delegacia Regional de Canindé. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Por: Welington Lima