Nossa cidade

Canindé: Homem com relação incestuosa com a filha foi expulso do Conselho Tutelar por descumprir ordem judicial

1.5kvisualizações

O homem baleado em uma tentativa de homicídio após a mulher descobrir que ele mantinha um relacionamento incestuoso com a própria filha e o genro dele, em Canindé, no Sertão Central, já foi conselheiro tutelar do município e expulso do órgão. Segundo o delegado Daniel Aragão, que investiga o caso, Jaelson Camelo de Oliveira, 39 anos, foi retirado por descumprir uma ordem judicial para favorecer um amigo.

Conforme o delegado, Jaelson tirou uma criança da guarda legal da mãe e concedeu para o pai, por ser seu amigo. A atitude contrariava a decisão judicial, que concedia a guarda da criança para a mãe.

“Conversei com o conselho tutelar e eles explicaram que o mesmo foi (conselheiro) na gestão passada e foi expulso por uma decisão judicial. Ele estava desobedecendo as ordens do juiz. Ele tirou uma criança da guarda da mãe, guarda legal da mãe, tirou da mãe e deu para o pai, porque era amigo do pai. Isso foi a gota d’água, mas teve diversas outras coisas que ele fazia lá […] tirou a criança da mãe e deu para o pai, contrariando a ordem judicial”, disse o delegado Aragão.

Repórter Ceará com informações do G1-CE (Foto: Reprodução/Facebook) #jaelsonoliveira #prisão #g1 #caso #policiacivil #canindé #canindenews