Home Cidade Caso TARCIANA, Polícia Civil de Canindé encerra operação RATOEIRA após apresentação de acusado do assassinato.

Caso TARCIANA, Polícia Civil de Canindé encerra operação RATOEIRA após apresentação de acusado do assassinato.

8 leitura mínima
0
0
683

POLÍCIA CIVIL DE CANINDÉ ATRAVÉS DO NHPP-CANINDÉ (NÚCLEO DE HOMICÍDIOS E PROTEÇÃO A PESSOA) ENCERRA OPERAÇÃO RATOEIRA COM A APRESENTAÇÃO DE ACUSADO

ENTENDA O CASO    ” OPERAÇÃO DE VOLTA AO NORDESTE”

O NÚCLEO DE HOMICÍDIOS E PROTEÇÃO À PESSOA DE CANINDÉ, SOB O COMANDO DO DELEGADO REGIONAL DE CANINDÉ, DR DANIEL ARAGÃO MOTA, HÁ ALGUNS MESES, INICIOU UM TRABALHO INVESTIGATIVO, BASEADO EM INFORMAÇÕES RECEBIDAS POR PARTE DA EQUIPE, DANDO CONTA DE QUE NO ESTADO DO PARÁ, ESTARIAM DOIS HOMENS EM UMA FAZENDA COM MANDADOS EM ABERTO, UM DO MUNICÍPIO DE CARIDADE E OUTRO DE CANINDÉ, OS DOIS MANDADOS SERIAM POR HOMICÍDIOS.

DIANTE DAS INFORMAÇÕES RECEBIDAS, O DELEGADO REGIONAL, JUNTAMENTE COM O NÚCLEO DE HOMICÍDIOS E PROTEÇÃO A PESSOA DE CANINDÉ , MONTOU UMA OPERAÇÃO COM A POLÍCIA DO PARÁ NO SENTIDO DE CAPTURAR OS DOIS HOMENS.

NO DECORRER DAS INVESTIGAÇÕES, A POLÍCIA CIVIL DO PARÁ COM A POLÍCIA CIVIL DE CANINDÉ, TROCAVAM INFORMAÇÕES ACERCA DO PARADEIRO DOS DOIS. JÁ COM TODAS AS INFORMAÇÕES JÁ EM MÃOS E COM OS MANDADOS VIGENTES, FORAM PEDIDOS AINDA PELA POLÍCIA DO PARÁ, UM MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO NA FAZENDA ONDE OS ACUSADOS ESTAVAM ESCONDIDOS. DE POSSE DO MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO E COM OS MANDADOS DE PRISÃO PREVENTIVA PEDIDOS PELA DELEGACIA REGIONAL DE CANINDÉ, OS POLICIAIS DO PARÁ EM CONTATO DIRETO COM A DELEGACIA REGIONAL DE CANINDÉ, CUMPRIRAM NO FINAL DA MANHÃ DE HOJE, O MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO.

ACOMPANHEM AGORA COMO FOI A OPERAÇÃO DE VOLTA AO NORDESTE.

MUNICÍPIO: Capitão Poço

OCORRÊNCIA: CUMPRIMENTO DE MANDADO DE PRISÃO E BUSCA E APREENSÃO E PRISÃO EM FLAGRANTE

DATA: 17/05/2019.

ALVO: Antônio de Sousa Almeida, 79 anos (preso) e Luiz Carlos Almeida 32 anos (foragido)

FATO: No Final da manhã do dia 17/05/19 foi deflagrada pela Polícia Civil, com as equipes do Nai Capanema, Nip e 6 RISP Caeté, a operação “De volta ao Nordeste” na zona rural de Capitão Poço, tendo como objetivo prender os foragidos, Antônio de Sousa Almeida e Luiz Carlos Almeida, os quais estavam foragidos do estado do Ceará por lá terem cometido cada um, um homicídio.

Diante da investigação realizada pela NHPP da Polícia Civil do Canindé , foi solicitado o apoio da Polícia Civil do Pará, onde o Nai Capanema diligenciou para identificar a propriedade onde os mesmos estavam abrigados, ocasião em que foi solicitada busca e apreensão para a propriedade devido o indicativo de haverem armas de fogo no local.

pela manhã, as mencionadas equipes da Polícia Civil do Pará, deslocaram até a propriedade para realizarem as prisões e procederem as buscas, sendo que na chegada da equipe policial o Luiz Carlos Almeida pulou pela janela de uma das casas, fugindo em direção à mata, sendo ainda perseguido pelos policiais, porém conseguindo se evadir.O Luis Carlos tirou a vida da sua ex companheira TARCIANA ARAÚJO SOUSA que tinha 32 anos de idade no dia 17-01-18 por volta 18:40 na rua Aristides rabelo próximo a gruta em Canindé.

Já o Antônio de Sousa Almeida não estava na propriedade, porém os policiais receberam a informação de que o mesmo estaria se deslocando da sede da cidade de capitão poço para a localidade de ônibus e foram em busca de interceptar o coletivo, logrando êxito nas buscas e realizando a prisão.

Na sede da propriedade, ao realizarem as buscas, a equipe policial apreendeu duas armas de fogo, sendo um revólver calibre .38 com 14 munições, a qual segundo Antônio Almeida foi a arma utilizado no homicídio praticado por ele em 2016 no município de Caridade no Ceará e uma espingarda calibre .20, o que gerou também a prisão em flagrante de Antônio de Sousa Almeida por posse ilegal de arma de fogo.

A presente operação mostra a importância do trabalho e inteligência e também da interação e troca de informações entre as polícias civis dos Estados, o que possibilitou a localização e prisão de um dos alvos e já no dia de hoje 28-11-19,se apresentou na delegacia de capturas em fortaleza, o Luiz Carlos Almeida, o principal alvo da operação ratoeira. O mesmo foi levado de Fortaleza para a delegacia regional de Canindé onde se encontra recolhido em um dos xadrezes da delegacia. Com a prisão do mesmo, a Polícia Civil de Canindé encerra a operação RATOEIRA.

Por: Nilton Araújo

Canindé News

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por redacao
Carregar mais Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Deputados estaduais aprovam perdão de multas e taxas do Detran no Ceará

A Assembleia Legislativa aprovou a remissão e anistia de créditos tributários relacionados…